O que é uma cena

Você sabe o que é uma cena?

Livros de ficção são uma sequência de cenas, uma depois da outra. Cenas são uma das coisas mais importantes pra sua história. Mas nem todo mundo sabe dizer exatamente o que é uma cena.

Sem saber o que uma cena é, fica difícil planejar como ela vai ser. E não dá pra saber se ela cumpriu seu papel.

Então… o que é uma cena?

A descrição mais simples que encontrei foi: Uma cena é um pedaço da história que acontece num dado momento, num dado lugar.

Isso é verdade, mas não sei se ajuda muito.

Se você imaginar um filme, a cena é a sequência de coisas que vão acontecendo até a câmera cortar pra outro lugar (ou outro momento).

Pensa num filme que você gostou muito. Agora pensa numa parte desse filme que você gostou. Você provavelmente está pensando numa cena do filme.

Vamos inventar uma sequência de cenas aqui:

CENA 1: Garoto vai até o pai pedir uma bicicleta. O pai nega, porque bicicletas são muito caras. Os dois discutem, até o garoto sair correndo chorando.

Fim da cena.

CENA 2: Garoto sai de casa chorando, um bandido agarra ele. Os dois se debatem enquanto o garoto tenta fugir, mas o homem é mais forte. Os vizinhos olham, mas não fazem nada. O bandido joga o garoto no furgão e fecha a porta.

Fim da cena.

CENA 3: Um policial chega na casa do pai que perdeu o filho. Já se passaram cinco dias. Ele acha que o pai é o culpado, e fica pressionando ele. Por fim, o pai se irrita e diz que o policial tinha que ir fazer o trabalho dele e procurar o garoto. Policial sai da casa de cara feia.

Fim da cena.

Cenas podem ser sequenciais, mas não precisam ser. No exemplo acima, a cena 2 acontece logo em seguida da cena 1. É uma continuação direta dela. Já a cena 3 começa cinco dias depois da cena 2 ter terminado.

Mudanças de tempo ou lugar geralmente acontecem fora da cena, não dentro dela. Você pode fazer o salto que quiser entre cenas. Pode saltar de São Paulo para a China, do ano 1920 pra 2036.

É importante deixar claro que o lugar da cena pode ser algo bem mais abstrato do que nos exemplos. O lugar não precisa ser um ponto específico, por exemplo.

O lugar da cena pode ser uma casa, numa cena de conversa. Mas pode ser também “as ruas de Salvador” numa cena de perseguição policial. O policial estaria passando por vários quarteirões enquanto persegue o bandido, mas a sequência contínua nas ruas seria uma única cena.

Outro ponto importante é que cenas não são capítulos.

Muitos autores costumam fazer com que cada cena seja um capítulo. Dan Brown é um exemplo. Outros autores fazem capítulos enormes com várias cenas dentro.

Não existe uma regra de quando o capítulo começa ou termina. Desde que ele não corte a cena no meio, não tem problema.

Ah, e se você for colocar várias cenas no mesmo capítulo, é comum marcar o fim da cena visualmente. Alguns autores dão 2 ou 3 espaços em branco antes do próximo parágrafo, outros colocam alguma marcação como “* * *” entre um parágrafo e outro.

Isso ajuda o leitor a entender que o local ou o momento mudaram.

Acima de tudo, toda cena deve ajudar a suportar a sua estrutura de roteiro e mover a história adiante.

Agora que você já sabe o que é uma cena, é importante saber quando começar e quando terminar a cena. Mas isso é assunto para um próximo capítulo.

Se você estiver gostando dessa série de dicas de escrita, não deixe de conferir o meu livro Estrutura de Roteiro (em promoção por R$2,99 só esse mês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *